Um modelo para a análise da capacidade de processos com ênfase na transformação de dados

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

Um modelo para a análise da capacidade de processos com ênfase na transformação de dados

Mostrar registro completo

Título: Um modelo para a análise da capacidade de processos com ênfase na transformação de dados
Autor: Miranda, Rodrigo Gabriel de
Resumo: O estudo da capacidade de processos se tornou uma ferramenta fundamental do controle estatístico da qualidade, tendo como principal objetivo verificar se a média e a variabilidade do processo estão de acordo com o alvo e os limites de especificação de projeto. A verificação permite o ajuste do processo de maneira que se reduzam as chances da fabricação de produtos defeituosos. Esta produção de produtos defeituosos é calculada com a utilização de índices desenvolvidos para medir a capacidade de processos, onde os mais utilizados são p C e pk C . Estes índices são calculados estimando-se a média e o desvio padrão de dados coletados de amostras do processo, portanto não se sabe com certeza o seu valor real. Neste trabalho foram estimados estes índices de capacidade de processo considerando-se o tamanho da amostra e o risco (probabilidade) do índice ser menor ou igual a aquele estabelecido como ideal. Desta forma foi verificado se o processo é realmente capaz, se o tamanho de amostras coletadas é adequado, se são necessárias algumas alterações no processo (ajuste da média ao alvo e redução da variabilidade) e se a capacidade estabelecida como ideal é alcançável. Foram abordados também os casos de não normalidade e autocorrelação nos dados, situações que precisam de um tratamento para que se possam utilizar os índices corretamente. A aplicação da metodologia de análise utilizada foi realizada através de um estudo de caso em uma indústria do setor automotivo. The study of process capability has become a basic tool of statistical quality control, having as its main objective to verify if the process average and variability are in accordance with the target and the specification limits of the project. The verification allows that if the process was adjusted then the possibilities of the manufacture of defective products will be reduced. The percentage of produced defective products is measured with the use of indices to measure the capacity of processes, where the most common are p C and pk C . These indices are calculated with the estimation of the average and the standard deviation of collected data from samples of the process and therefore its real value is not known with certainty. In this work these process capability indices were estimated considering the sample size and the risk (probability) of the index being less or equal to that established as ideal. In this way it could be verified if the process is really capable in a statistical sense, if the collected sample size is adequate, if some alterations in the process are necessary (adjustment of the average to the target and reduction of the variability) and if the capacity established as ideal is feasible. The presence of non normality and autocorrelation in the data will also be analyzed, situations that require special treatment for the correct use of the indices. The application of methodology proposed here will be tested through a real case study in the automotive industry.
Descrição: Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção.
URI: http://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/101925
Data: 2005


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
225851.pdf 629.9Kb PDF Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar