Elizabeth Bishop and 5 brazilian authors: reflecting on the lens

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

Elizabeth Bishop and 5 brazilian authors: reflecting on the lens

Mostrar registro completo

Título: Elizabeth Bishop and 5 brazilian authors: reflecting on the lens
Autor: Quandt, Guilherme de Oliveira
Resumo: This is an intertextual reading of texts by Elizabeth Bishop and texts by Carlos Drummond de Andrade, João Cabral de Melo Neto, Manuel Bandeira, Vinicius de Moraes, and Clarice Lispector, based on Mikhail M. Bakhtin's notion that juxtaposing texts may establish semantic dialogues between them, even if they are not apparently related. The first chapter shows that in some poems by Bishop and Drummond, encounters of the narrator with animals and paupers represent the act of becoming increasingly aware of the world and of the limits of one's own perception; then the first chapter moves to Bishop's translation of Cabral's poem "Morte e Vida Severina" and to her own ballad "The Burglar of Babylon," analyzing how these works are related in theme-the life of poor migrants-and how they differ. The second chapter deals with the perception of intimacy and private life in some texts by Bishop, Bandeira, Vinicius, and Clarice, showing that in the selected poems by Vinicius and Bandeira intimacy is associated to loneliness, while in Bishop and Clarice the presence of other people is taken in consideration but intimacy itself seems frail and unstable. Esta é uma leitura intertextual de textos de Elizabeth Bishop e de textos de Carlos Drummond de Andrade, João Cabral de Melo Neto, Manuel Bandeira, Vinicius de Moraes e Clarice Lispector, baseado na idéia de Mikhail M. Bakhtin segundo a qual a justaposição de textos aparentemente sem relação uns com os outros pode estabelecer diálogos semânticos entre eles. O primeiro capítulo mostra que em determinados poemas de Bishop e Drummond, encontros do narrador com animais e com pobres representa uma evolução de sua percepção sobre o mundo e sobre os limites de sua própria consciência; em seguida o primeiro capítulo passa à tradução de Bishop para o poema "Morte e Vida Severina" de Cabral e à balada "The Burglar of Babylon", analisando como essas obras se relacionam quanto ao assunto (a vida de imigrantes miseráveis) e como diferem. O segundo capítulo trata do tema da intimidade em textos de Bishop, Bandeira, Vinicius e Clarice, apontando que os poemas selecionados de Vinicius e Bandeira mostram intimidade associada à solidão, ao passo que nos textos de Bishop e Clarice as demais pessoas são levadas em conta, mas a intimidade em si parece frágil e instável.
Descrição: Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão. Programa de Pós-Graduação em Letras/Inglês e Literatura Correspondente
URI: http://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/101827
Data: 2005


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
226347.pdf 281.1Kb PDF Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar