Os índios Guarani da Serra do Tabuleiro e a conservação da natureza: uma perspectiva etnoambiental

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

Os índios Guarani da Serra do Tabuleiro e a conservação da natureza: uma perspectiva etnoambiental

Mostrar registro completo

Título: Os índios Guarani da Serra do Tabuleiro e a conservação da natureza: uma perspectiva etnoambiental
Autor: Bertho, Ângela Maria de Moraes
Resumo: Esta tese se insere na interface entre o direito à demarcação de espaços territoriais tradicionais dos Guarani na Mata Atlântica e o processo de reordenamento territorial para a conservação da Natureza. Nessa interface duas amplas perspectivas teóricas se colocam: a primeira, a da Preservação, entende que a exclusão de humanos diminui o impacto nas áreas a serem preservadas. A segunda, a da Conservação e sua caudatária, a Etnoconservação, defendem a permanência das populações indígenas por serem importantes aliadas para a construção de um manejo em que o manejo tradicional indígena pode contribuir para a sustentabilidade ecológica desses espaços. Os Guarani do Mbiaçá, nas fontes quinhentistas, têm suas áreas inseridas no contexto do Parque Estadual da Serra do Tabuleiro, uma aldeia totalmente sobreposta ao parque e três delas em seu entorno, o que tem dificultado o processo de demarcação e inclusão dessas áreas no projeto Microbacias2 com objetivos de promover a sustentabilidade sócio-ambiental. O objetivo dessa pesquisa é contribuir para o conhecimento dos fatores que promovem ou não a sustentabilidade etnoambiental das aldeias da Serra do Tabuleiro, especialmente na aldeia de Morro dos Cavalos, por entender que é a partir desta condição que essas áreas indígenas podem somar-se aos esforços da conservação da natureza na Mata Atlântica na perspectiva da Etnoconservação em seus espaços territoriais de domínio. Para além do dualismo teórico das perspectivas de proteção à natureza, o percurso teórico-metodológico da tese foi o da interdisciplinaridade com vistas a abarcar as interrrelações entre a etnohistória (guarani), cosmologia (visão de mundo), a territorialidade, o manejo agroflorestal e a sustentabilidade etnoambiental. This work is about the interconnection between the right to demarcation of Guarani's traditional territorial places at Mata Atlântica (Atlantic Forest) and the process of territorial re-arrangement for preserving the Nature. In this interconnection, two wide theoretical perspectives emerge: The first one, it is, the Preservation, sees that humans' exclusion reduces the impact on areas to be preserved. The second one, it is, the Conservation, and its related, the Ethno-Conservation advocate for permanence of indigenous populations because of they are important allies for constructing a management where traditional indigenous management may contribute for the ecological sustainability of these places. The Guaranis from Mbiaçá, since before colonization, have they areas within the State Park of Serra do Tabuleiro; one village completely overlapped on the Park and three of them around it, which have been complicating the process of demarcation and inclusion of these areas into the Microbacias2 project with the object of promoting the social-environmental sustainability. The objective of this research is to contribute for knowing the factors promoting or not the ethno-environmental sustainability of Serra do Tabuleiro villages, specially on the Morro dos Cavalos village, thinking that from this condition these indigenous areas may join the efforts of nature conservation on Atlantic Forest pointing to Ethno-Conservation on their domain territorial places. In addition to the theoretical dualism of nature protection perspectives, the theoretical-methodological course of this thesis was the one of the inter-disciplinarity with the objective of abranging the inter-relations between ethno-history (guarani), cosmology (world view), territoriality, the agricultural-forest managing and the ethno-environmental sustainability.
Descrição: Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Ciências Humanas
URI: http://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/101583
Data: 2005


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
225282.pdf 2.138Mb PDF Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar