Gerenciamento de impressão no Brasil: uma análise das mensagens dos presidentes publicadas nos relatórios anuais

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

Gerenciamento de impressão no Brasil: uma análise das mensagens dos presidentes publicadas nos relatórios anuais

Mostrar registro completo

Título: Gerenciamento de impressão no Brasil: uma análise das mensagens dos presidentes publicadas nos relatórios anuais
Autor: Souza, André Carlos de
Resumo: Essa pesquisa tem como objetivo estudar o gerenciamento de impressão nas mensagens dos diretores-presidentes publicadas nos relatórios anuais. Esses documentos são identificados pela literatura acadêmica como veículos para o gerenciamento de impressão que, uma vez que a sua publicação não possui caráter obrigatório, acabam por dar a oportunidade de que seja criada uma imagem positiva das empresas, mas essa imagem não condiz com a realidade das mesmas. A literatura acadêmica sugere uma relação entre o gerenciamento de impressão e a governança corporativa, no sentido que uma governança forte limita as possibilidades de manipulação das informações emitidas ao mercado. Para a análise, foram recuperados 120 relatórios anuais de empresas que negociam suas ações na BM&FBOVESPA referentes ao ano de 2011. Nos relatórios foi analisada uma única seção: a mensagem da presidência. Por ser um primeiro contato da alta administração com o público, essa parte do relatório supostamente seria um foco de gerenciamento de impressão. Para mensurar o gerenciamento de impressão foi utilizada uma metodologia que avalia o tom da evidenciação observando a existência de palavras-chave (i.e. termos que evidenciam um resultado para a empresa). Além disso, foi empregada uma metodologia para classificar a força da governança das empresas a fim de explorar um possível link entre essas duas características que a literatura acadêmica afirma existir. Por último, foram acrescentadas variáveis de controle ao modelo com o objetivo de extrair possíveis explicações sobre o gerenciamento de impressão. Os resultados sugerem que, conforme esperado, as empresas divulgam mais informações positivas sobre seus resultados do que informações negativas. Porém, não foi possível confirmar a hipótese de que o gerenciamento de impressão está negativamente relacionado à força da governança corporativa. Em relação às demais variáveis observadas, os resultados apenas sugerem relações, mas que não podem ser consideradas significativas do ponto de vista estatístico. Possíveis explicações para o resultado dizem respeito à diferença da natureza das informações evidenciadas pelas empresas analisadas, uma vez que o gerenciamento segundo a métrica utilizada apenas leva em conta resultados para a empresa. Apesar dos resultados não serem os esperados, são sugeridas novas possibilidade de pesquisas, considerando outras seções do relatório anual e análise das informações por mais de um período.<br>Abstract : This research aims to study the impression management in CEO's messages published in Annual Reports. These documents were identified by the academic literature as vehicles for impression management where, since its publication does not have the mandatory status, end up giving the opportunity for the creation of a positive image of business, but this image does not fit with reality thereof. The academic literature suggests a relationship between impression management and corporate governance, in the sense that strong governance limits the possibility of manipulation of information issued to the market. For the analysis, were recovered 120 annual reports of companies that trade their shares on the BM&FBOVESPA for the year 2011. A single section of the reports was analyzed: the message from the CEO. Being a first contact of the senior management with its audience, this part of the report was supposed to be a focus of impression management. To measure the impression management used a methodology that evaluates the disclosure tone by the existence of keywords (i.e. terms that have a result for the company). Furthermore, a methodology was used to classify the strength of corporate governance in order to explore a possible link between these two characteristics that the academic literature states exist. Finally, the control variables were added to the model in order to extract possible explanations about the impression management. The results suggest that, as expected, firms disclose more information about their positive results than negative information. However, it was not possible to confirm the hypothesis that impression management is negatively related to the strength of corporate governance. Concerning other variables examined, the results only suggest relationships, but they cannot be considered significant from a statistical standpoint. Possible explanations for the results relate to the different nature of the information evidenced by the companies analyzed, since the second management metric used only consider the results to the company. Although the results are not as expected, suggests new research possibility of considering other sections of the annual report and analysis of information for more than one period.
Descrição: Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico, Programa de Pós-Graduação em Contabilidade, Floríanópolis, 2013.
URI: http://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/101070
Data: 2013


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
316545.pdf 814.0Kb PDF Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar