Formação social indiana: modo de produção asiático, imperialismo e industrialização tardia

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

Formação social indiana: modo de produção asiático, imperialismo e industrialização tardia

Mostrar registro completo

Título: Formação social indiana: modo de produção asiático, imperialismo e industrialização tardia
Autor: Campos, Bruno de
Resumo: Este trabalho tem por objetivo analisar o processo de desenvolvimento econômico e de industrialização da Índia, partindo de sua formação sócio-espacial, dos projetos e ações de caráter desenvolvimentistas após a independência em 1947 e dos atuais estágios do desenvolvimento econômico e industrial do país, consistindo principalmente de levantamento bibliográfico. Teoricamente, levamos em consideração a categoria marxista do Modo de Produção Asiático e a categoria de Formação Sócio-Espacial de Milton Santos. Além dessas, a interpretação de Lenin sobre o imperialismo e os trabalhos de Alice Amsden sobre o desenvolvimento de países asiáticos e periféricos em geral. Iniciamos com uma apresentação mais teórica do Modo de Produção Asiático e da categoria de Formação Sócio-Espacial. Em seguida tratamos do imperialismo e suas consequências para o desenvolvimento indiano. Antes de algumas considerações sobre o exposto, apresentamos o desenvolvimento indiano após sua independência, marcadamente pela presença do Estado, principalmente através de planos quinquenais em pleno sistema capitalista. Enfim, este trabalho aponta que, primeiramente, algumas hipóteses do Modo de Produção Asiático parecem encontrar lugar no caso indiano, como: caráter hidráulico, governo centralizador executando algumas obras de interesse público e a junção entre agricultura e manufatura. Segundo, o imperialismo britânico contribuiu para retardar o desenvolvimento do capitalismo moderno indiano. E por último, a presença do Estado indiano no desenvolvimento econômico e industrial.<br>Abstract : This study aims to analyze the process of economic development and industrialization of India, from its formation socio-spatial, projects and developmental actions of character after independence in 1947 and the current stage of economic and industrial development of the country, consisting mainly of literature. Theoretically, we consider the Marxist category of Asian Mode of Production and category of Formation Socio-Spatial by Milton Santos. Besides these, the interpretation of Lenin on Imperialism and the works of Alice Amsden on the development of Asian countries in general and peripherals. We begin with a more theoretical Asian Mode of Production and category of Formation Socio-Spatial. Then treat imperialism and its impact on Indian development. Before some thoughts on the above, we present the development after Indian independence, markedly by the presence of the state, primarily through five-year plans in full capitalist system. Finally, this study shows that, first, some hypotheses of Asian Mode of Production seem to find a place in the Indian case, as hydraulic character, centralized government running some works of public interest and the junction between agriculture and manufacturing. Second, British imperialism contributed to retard the development of modern capitalism Indian. And finally, the presence of the Indian state in economic and industrial development.
Descrição: Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Geografia, Florianópolis, 2013.
URI: http://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/101055
Data: 2013


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
316502.pdf 1.448Mb PDF Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar