Tendência temporal da mortalidade por câncer de próstata segundo macrorregiões do Brasil no período de 1980 e 2010

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

Tendência temporal da mortalidade por câncer de próstata segundo macrorregiões do Brasil no período de 1980 e 2010

Mostrar registro completo

Título: Tendência temporal da mortalidade por câncer de próstata segundo macrorregiões do Brasil no período de 1980 e 2010
Autor: Conceição, Mara Beatriz Martins
Resumo: Este estudo tem como objetivo analisar a distribuição e tendência temporal da mortalidade por câncer de próstata nas cinco macrorregiões do Brasil de 1980 a 2010. Foram utilizados dados obtidos do Sistema de Informação de Mortalidade (SIM) para a tendência temporal (1980 - 2010) e dados populacionais do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). As taxas de mortalidade por câncer e principais tipos de óbitos foram corrigidas redistribuindo proporcionalmente 50% das mortes por mal definidas. Foram ainda padronizadas pela população mundial e as tendências temporais estimadas pelo método de regressão linear generalizada de Prais Winstein. O risco de morte no Brasil após a correção passou de 6,6 em 1980 para 14,2 óbitos por 100 mil homens em 2010, aumento anual de 2,8%. A tendência temporal ascendente na taxa de mortalidade foi verificada em todas as regiões. O Nordeste apresentou a maior tendência de variação média anual (63,1% ao ano). A faixa etária de 70 a 79 anos concentrou 41% dos óbitos, com tendência de mortalidade ascendente em quase todas as faixas etárias. O comportamento observado é compatível com países em desenvolvimento e o risco de morte reflete as diferenças regionais na detecção, diagnóstico e tratamento do câncer de próstata. A vigilância do câncer deve ser consolidada e aprimorada pelo aumento da cobertura, qualidade e disseminação das informações para os profissionais e sociedade, permitindo o monitoramento das condições de riscos relacionadas à ocorrência do câncer.
Descrição: Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva, Florianópolis, 2012
URI: http://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/101005
Data: 2012


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
314865.pdf 792.4Kb PDF Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar