Avaliação dos valores de destorque dos parafusos de titânio em pilares personalizáveis sobre implantes com hexágono externo: um estudo in vivo

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

Avaliação dos valores de destorque dos parafusos de titânio em pilares personalizáveis sobre implantes com hexágono externo: um estudo in vivo

Mostrar registro completo

Título: Avaliação dos valores de destorque dos parafusos de titânio em pilares personalizáveis sobre implantes com hexágono externo: um estudo in vivo
Autor: Medina, Carolina Enith Bullen
Resumo: Avaliar os valores de diferentes técnicas de destorque dos parafusos de titânio em pilares personalizáveis sobre implantes com hexágono externo. Metodologia: A amostra consistiu em 30 corpos de prova compostos pelo conjunto implante de hexágono externo (3,75mm de diâmetro e 10mm de comprimento), pilar personalizável e parafuso de titânio com encaixe para chave quadrada, que foram distribuídos aleatoriamente em três grupos (n=10): Grupo 1 - técnica convencional, com a aplicação de torque de 30N.cm; Grupo 2 - técnica descrita por Breeding e Dixon, com a aplicação de um primeiro torque de 30N.cm e, após 10 minutos, a aplicação de um novo torque com o mesmo valor inicial; e, Grupo 3 - técnica preconizada por Sella e Vasconcellos, com a aplicação de 30N.cm, mantendo o torque durante 20 segundos. Os corpos de prova foram fixados em uma base metálica e a mesma foi presa à base do equipamento universal de ensaio. Uma chave digital foi acoplada na célula de carga metálica, a qual possuía sensores que eram controlados por computador com o software ATMP2.2, a fim de controlar o valor do torque de 30N.cm a uma velocidade de 1N.cm/s, de acordo com a técnica de cada grupo experimental. Após 10 minutos da aplicação do torque, a máquina de ensaio foi programada para a aplicação do destorque, que foi realizado com os mesmos dispositivos utilizados para a aplicação do torque, com a mesma velocidade. Os valores de destorque dos três grupos foram submetidos à análise estatística pelo teste ANOVA e comparações individuais foram realizadas pelo teste HSD de Tukey. Resultados: As médias dos destorques encontrados foram de 27,95N.cm (DP ± 0,99) para o Grupo 1; 28,32N.cm para o Grupo 2 (DP ± 0,68); e, 26,89N.cm (DP ± 1,03) para o Grupo 3. Não houve diferença estatística entre os Grupos 1 e 2, porém, o Grupo 3 apresentou os menores valores de destorque, quando comparado com os outros grupos. Os valores de destorques obtidos em relação aos valores de torque foram menores para todos os grupos testados. Numericamente o grupo 2 apresentou valores maiores de destorque, porém, sem diferença estatística quando comparada com o grupo 1. O grupo 3 apresentou os menores valores de destorque, ou seja, menores valores de pré-cargaTo evaluate the detorque values of titanium screws in customized pre-fabricated abutments with external hexagon implant. Methods: The sample consisted of 30 specimens formed by set of implant external hexagon (3.75 mm x 10mm ), customizable prefabricated abutment and titanium screw to fit square key, which were distributed randomly into three groups (n = 10): Group 1: the conventional technique, with the application of torque 30N.cm, Group 2: technique described by Dixon and Breeding, by applying a first torque 30N.cm and 10 minutes after the application of a new torque with the same initial value and Group 3: technique recommended by Sella and Vasconcellos, by applying 30N.cm, keeping the torque for 20 seconds. The specimens were fixed in a metal base and the same was attached to the base of the universal testing machine. Them a digital key was coupled to the metal load cell, which had sensors controlled by software computer ATMP2.2 in order to control the torque value of 30N.cm with a velocity of 1N.cm / s, according to the technique of each experimental group. After 10 minutes from application of torque, the test machine was programmed to implement detorque, which was performed with the same devices for the application of torque with the same speed. Detorque values of the three groups were statistically analyzed by ANOVA and individual comparisons were performed by Tukey's HSD test. Results: The mean destorques found were 27.95N.cm (SD ± 0.99) for Group 1; 28.32 N.cm for Group 2 (SD ± 0.68) and 26.89 N.cm (SD ± 1.03) for Group 3. There was no statistically significant difference between Groups 1 and 2, however, Group 3 showed lower values of detorque when compared with other groups. Conclusion: destorques values obtained were lower for all groups tested. Numerically group 2 have higher values of detorque, but no statistical difference when compared to group 1. Group 3 had the lowest values detorque, that is, lower preload.
Descrição: Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Odontologia, Florianópolis, 2012
URI: http://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/100988
Data: 2012


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
314860.pdf 5.246Mb PDF Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar