Tecendo significados na gestão colegiada de um curso de graduação de enfermagem na perspectiva da complexidade

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

Tecendo significados na gestão colegiada de um curso de graduação de enfermagem na perspectiva da complexidade

Mostrar registro completo

Título: Tecendo significados na gestão colegiada de um curso de graduação de enfermagem na perspectiva da complexidade
Autor: Higashi, Giovana Dornelles Callegaro
Resumo: A complexidade da sociedade pós-moderna tem incentivado o surgimento de novos modelos de gestão educacional, com novas abordagens gerenciais, como a gestão colegiada. Desse modo, torna-se salutar incorporar na prática profissional novos modelos de gestão pautados na plural, flexível, dialógica, compartilhada e participativa, que convive com a incerteza, sensibilidade e criatividade. Este estudo objetivou compreender os significados atribuídos pelos membros, às deliberações colegiadas em um curso de graduação em enfermagem em uma instituição pública de ensino superior localizada no sul do Brasil e construir um modelo teórico explicativo. O referencial metodológico adotado foi a Grounded Theory ou Teoria Fundamentada nos Dados (TFD). O pensamento complexo proposto por Edgar Morin foi utilizado na análise e construção do Modelo Teórico. Foram entrevistados 30 participantes: docentes, discentes e funcionários representantes do colegiado, distribuídos em 4 grupos amostrais. As entrevistas, a medida em que eram realizadas e transcritas, foram inseridas no software NVIVO®8, permitindo organização e classificação das informações coletadas. A coleta e análise dos dados ocorreram simultaneamente, seguindo as etapas propostas pela TFD: codificação aberta, axial e seletiva. Desse modo, os códigos foram sendo reagrupados, originando as categorias e subcategorias. Desse processo emergiu o fenômeno #Compreendendo a experiência das relações e interações complexas nas deliberações em gestão colegiada de enfermagem: entrelaçando divergências, convergências, diálogos, coletividades e diversidades#. Definido pela inter-relação de cinco categorias: Vislumbrando as deliberações colegiadas numa perspectiva plural e singular; construindo a teia significados e interfaces da experiência colegiada; Destacando a importância do colegiado para fortalecimento da formação profissional; Comunicação e a gestão de conflitos no processo de deliberações esfera colegiada; Conhecendo a diversidade que permeia a gestão colegiada e o processo de formação no curso de enfermagem. Urge a necessidade de romper com o modelo de gestão tradicional e construir modelos/estruturas de deliberação coletiva, descentralizada. Esse é o grande desafio não só para a enfermagem, mas para as demais áreas e instituições de ensino superior. Acredita-se que ao incorporar à dinâmica de trabalho e às relações e interações profissionais entre os representantes e representados na esfera da gestão universitária, novas possibilidades de aprender a aprender, a ser, a conviver e fazer, de modo a articular, integrar e construir conhecimentos, por meio da criatividade, reflexão e diversidade, pode-se romper com a linearidade e fragmentação do saber e acrescentar complexidade ao viver e aprender.<br>Abstract : The complexity of postmodern society has encouraged the emergence of new models of education management with new management approaches such as the collegiate management. Thus, it is salutary to incorporate new models in professional practice management guided by plural, flexible, dialogical, shared and participatory actions bound to sensitivity and creativity. This study was aimed at understanding the meanings attributed by members of an undergraduate degree in nursing at a public institution of higher education located in southern Brazil. It also seeks to understand the actions taken in collegial deliberation meetings to build a theoretical model by adopting the Grounded Theory (GT) methodological approach. Complex thinking proposed by Edgar Morin was used in the analysis and construction of the theoretical model. We interviewed 30 participants: teachers, students and staff representatives of the college, which were divided into four sample groups. The interviews, and the extent to which they were conducted and transcribed, were entered into the NVIVO®8software, which enabled the organization and classification of the collected information. Data collection and analysis occurred simultaneously and followed the steps proposed by TFD: open coding, axial and selective. The codes were grouped together, which yielded the categories and subcategories. From this process emerged the phenomenon, "Understanding the experience of relationships and interactions in complex deliberations in collegiate management nursing: intertwining divergences, convergences, dialogues, communities and diversities." From this process, five categories were defined: Glimpsing the collegiate deliberations from a plural and singular perspective; building meanings and interfaces of the collegiate experience; highlighting the importance of the collegiate discussions into the strength of vocational training; communication and conflict management in the process of deliberations ball collegiate; knowing the diversity that permeates collegiate management and training processes in nursing. There is an urgent need to break from the traditional management model and build new models/frameworks for the collective and decentralized deliberation. This is a great challenge not only for nursing, but for other areas and institutions of higher education. It is believed that by incorporating the dynamics of working and professional interactions between representatives who represented in the sphere of university management, new possibilities for learning (to learn, to be, to live and to do) will help to articulate, integrate and build knowledge through creativity, diversity and reflection, which could break the linearity and fragmentation of knowledge by adding complexity to live and to learn by.
Descrição: Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, Florianópolis, 2012
URI: http://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/100927
Data: 2012


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
312525.pdf 1.378Mb PDF Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar