Prevalência das doenças periimplantares mucosite e periimplantite . Análise de fatores de risco locais e sistêmicos. Estudo retrospectivo de 1 a 9 anos

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

Prevalência das doenças periimplantares mucosite e periimplantite . Análise de fatores de risco locais e sistêmicos. Estudo retrospectivo de 1 a 9 anos

Mostrar registro completo

Título: Prevalência das doenças periimplantares mucosite e periimplantite . Análise de fatores de risco locais e sistêmicos. Estudo retrospectivo de 1 a 9 anos
Autor: Buttendorf, André Ricardo
Resumo: Objetivo : Determinar a prevalência de doenças periimplantares; mucosite e periimplantite, nos pacientes do Centro de Estudos de Educação Continuada em Implantodontia da Universidade Federal de Santa Catarina. Além disso, foi estudada a proporção de implantes afetados. Foi avaliada também a associação de fatores de risco, com as doenças periimplantares, como: Idade; Sexo; Tabaco; Tempo de prótese em função; Localização do implante; Quantidade de mucosa ceratinizada periimplantar. Materiais e Métodos: Um estudo transversal foi realizado em 200 pacientes com 760 implantes hexágono externo apresentando próteses com pelo menos 1 ano de tempo de carregamento (intervalo: 1-09 anos). Profundidade de sondagem, presença de sangramento à sondagem e supuração foram os dados clínicos coletados. Radiografias foram obtidas para avaliar o nível da crista óssea ao redor dos implantes. Mucosite foi definida como uma profundidade de sondagem ? 4 mm com sangramento a sondagem, ao redor do implante, com perda óssea < 2mm. A periimplantite foi definida como uma profundidade de sondagem > 4 mm, associado com sangramento e/ou supuração, e perda óssea ? 2mm. Resultados: Cento e trinta e nove (69%) pacientes apresentavam todos os implantes saudáveis, 46 (23%) pacientes apresentaram ao menos 1 implante com mucosite peri-implantar e 15 (8%) apresentaram peri-implantite. Quinhentos e quarenta e sete (72%) implantes saudáveis, 161 (21%) com mucosite priimplantar e 62 (7%) com periimplantite. Fumo e a quantidade de mucosa ceratinizada se mostraram positivos na relação com as doenças periimplantares. Conclusões: De acordo com os resultados, conclui-se que a prevalência da mucosite peri-implantar foi de 23% e de periimplantite foi 8%. Dos fatores associados estudados, somente o fumo e a quantidade de mucosa ceratinizada < 2mm se mostraram positivos na relação com as doenças periimplantares.<br>Abstract : Aim: Determine the prevalence of peri-implant diseases; mucositis and periodontitis, of patients from the Center of Studies of Continuing Education in Implant Dentistry of the Federal University of Santa Catarina. In addition, the extension (the proportion of affected implants) was studied. Evaluate the relationship between specific factors (age, sex, smoking, time of prosthesis in function, implant location, and quantity of peri-implant keratinized mucosa) and peri-implant diseases. Materials and Methods: A cross-sectional study was carried out in 200 patients with 760 external-hexed cylindrical implants presenting implant supported prosthesis with at least 1 year of loading time (range: 1-09 years) were included. The probing depth, the presence of bleeding on probing and suppuration were collected. Radiographs are required to evaluate supporting bone levels around implants. Peri-implant mucositis was considered when the probing depth was of ? 4mm with presence of BOP around an implant presenting < 2 mm of bone loss. Peri-implantitis was defined when showing PD of ?4mm, associated with BOP and/or suppuration, and bone loss ? 2mm. Results: One hundred thirty-nine (69%) patients presenting all implants healthy, 46 (23%) patients presented peri-implant mucositis and 15 (8%) presented peri-implantitis. Five hundred and forty-seven (72%) healthy implants, 161(21%) with peri-implant mucostitis and 62 (7%) with peri-implantitis. Conclusions: According to the results, it is concluded that the prevalence of mucositis peri-implant was 23% and peri-implantitis to 8%. Only smoking and quantity of peri-implant KM < 2mm showed positive association with peri-implant diseases.
Descrição: Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Odontologia, Florianópolis, 2012
URI: http://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/100869
Data: 2012


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
313275.pdf 1.610Mb PDF Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar