Mudanças no uso da terra em Biguaçú-SC: agricultores em permanente processo de adaptação

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

Mudanças no uso da terra em Biguaçú-SC: agricultores em permanente processo de adaptação

Mostrar registro completo

Título: Mudanças no uso da terra em Biguaçú-SC: agricultores em permanente processo de adaptação
Autor: Bauer, Eliane
Resumo: Mudanças nos padrões de uso e cobertura da terra estão ocorrendo a passos acelerados, com impactos tanto para a conservação das florestas tropicais quanto para a subsistência das populações envolvidas. Este trabalho analisa as mudanças no uso da terra na microbacia de São Mateus, localizada no município de Biguaçu-SC, onde a agricultura de corte e queima foi historicamente predominante. O estudo teve por objetivo compreender as causas das mudanças, bem como a direção que o uso da terra está tomando, e discutir seus possíveis impactos. Os dados foram coletados por meio da realização de entrevistas com agricultores informantes chave e da análise de imagens de sensoriamento remoto disponíveis para os anos de 1957, 1978 e 2011. Os resultados mostraram que o mosaico de áreas agrícolas e floresta em estágio inicial de regeneração que dominavam a paisagem nas décadas de 1950 e 1970 têm sido gradualmente substituído nos últimos anos e a agricultura de corte e queima está desaparecendo na região. Parte da floresta secundária avançou para ecossistemas maduros. No entanto, uma grande parte da terra foi convertida em pastagens e plantações de eucalipto. Restrições da legislação ambiental ao uso da floresta nativa, bem como a falta de mão-de-obra provocada pelo êxodo rural e envelhecimento dos agricultores, são as principais causas do declínio da agricultura de corte e queima e do rápido crescimento das pastagens e áreas de florestas plantadas. A falta de oportunidade para ganhar a vida com a floresta nativa remanescente e os incentivos econômicos para criar gado e cultivar espécies exóticas representam uma ameaça para a conservação da biodiversidade, bem como ao sistema agrícola tradicional e todo o saber local associado ao mesmo.<br>Abstract : The standards of land use and land cover are changing as never before. It is bringing impacts for tropical forest conservation as for the subsistence of its inhabitants. This work intends to analyze the changes in the land use at São Mateus microbasin located in the city of Biguaçu, Santa Catarina State, which is an area where slash and burn agriculture used to be the standard method. This study aimed to understand the cause of changing the standards of land use and land cover, as well as understand the way it is taking, and discuss the possible new impacts these changes are causing. The data were collected by interviews with key informant farmers and from the analysis of remote sensing images for the years 1957, 1978 and 2011. The results showed that the mosaic of the agricultural areas and the early regeneration stage of the forest, which used to dominate over the landscape in decades of 1950s and 1970s, has progressively been replaced in the last years, and slash and burn agriculture is disappearing in the region. Part of secondary forests advanced towards mature ecosystems. However, a large portion of the land has been converted to pastures and eucalyptus plantations. The environment law restrictions about the use of the native forest as well the scarcity of workforce caused by the rural exodus and the increasing aging of farmers are the main cause of the slash and burn agriculture declining and the fast growth of pastures and areas of planted forests. The lack of opportunity to make a living with the native remaining forest and the economic incentives to raise livestock and cultivating exotic species represents a threat to the biodiversity conservation as well as the agricultural traditional system and all the local know-how.
Descrição: Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Agroecossistemas, Florianópolis, 2012
URI: http://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/100758
Data: 2012


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
314777.pdf 1.785Mb PDF Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar