A mediação como método de resolução de conflitos interpessoais na Universidade Federal de Santa Catarina

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

A mediação como método de resolução de conflitos interpessoais na Universidade Federal de Santa Catarina

Mostrar registro completo

Título: A mediação como método de resolução de conflitos interpessoais na Universidade Federal de Santa Catarina
Autor: Moreira, Katia Denise
Resumo: Neste trabalho serão abordados três temas, os quais se interligam no sentido de promover um novo paradigma para à resolução de conflitos interpessoais em uma Instituição Pública de Ensino Superior. Nesse sentido, a mediação, ferramenta alternativa de resolução de conflitos, que tem a característica de transformar antagonismos em convergências, não necessariamente em concordâncias é proposta como método a ser aplicado na gestão de conflitos, que tem como função, sumária, reconhecer, interpretar e administrar os conflitos de forma a transformar uma situação adversa em benefício para as partes na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), uma autarquia de regime especial do Governo Federal, vinculada ao Ministério da Educação, fomentadora do ensino superior, da pesquisa e da extensão. A partir deste contexto, esta pesquisa tem como objetivo principal investigar se a mediação como método alternativo de resolução de conflitos pode ser utilizada nos conflitos interpessoais da Universidade Federal de Santa Catarina a fim de promover a construtividade a partir de conjunturas antagônicas. Com o intuito específico de alcançar tal meta foram traçados outros quatro objetivos, quais sejam: a) identificar a ocorrência de conflitos entre as relações interpessoais na Universidade Federal de Santa Catarina; b) apontar as fontes e os níveis de conflito no ambiente da Universidade Federal de Santa Catarina; c) descrever como a administração da Instituição procede em relação à gestão de conflitos e d) investigar a percepção e a aceitação da mediação como método de resolução de conflitos na Universidade Federal de Santa Catarina. A metodologia está pautada na abordagem científica de natureza predominantemente qualitativa, do tipo estudo de caso. Será ainda, descritiva, embasada na análise de documentos, relatórios, entrevistas semiestruturadas, realizadas com os sujeitos ligados diretamente aos órgãos de gestão de conflitos institucionais e de apoio à gestão de conflito e questionário, aplicado na pesquisa de campo, com os atores sociais da comunidade acadêmica interna. O resultado evidenciou que existe a ocorrência de conflitos interpessoais no ambiente de estudo, que as fontes de tais discordâncias estão ligadas, principalmente, ao apego exagerado às próprias opiniões e crenças, ou seja, ao fundamentalismo, que a Universidade utiliza institucionalmente o método tradicional para solução de divergências entre as partes e que a mediação é aceita e pode ser aplicada como ferramenta de resolução de conflitos interpessoais menos complexos, que ocorrem na Instituição estudo de caso desta pesquisa.On this paper we approach three major themes that are interconnected to bring about a new paradigm for the resolution of interpersonal conflicts at a higher education public institution. Mediation is an alternative tool for conflict resolution and is able to transform antagonism in convergence, not necessarily in concordances. Thus, we propose that meditation should be considered as a method to be applied on conflict management, which main functions are to acknowledge, interpret, and manage conflicts in a way as to turn negative situations into beneficial outputs for the parties at the Federal University of Santa Catarina, a self-managed federal entity, linked to the Ministry of Education, which is in charge of conducting higher education studies and researches. Moreover, this work aims to determine whether or not mediation, as an alternative method of conflict resolution, can be used in interpersonal conflicts at the Federal University of Santa Catarina in order to promote constructiveness based upon antagonistic positions. In order to achieve this specifically goal were outlined four objectives, which are: a) identify the occurrence of conflicts between interpersonal relationships at the Federal University of Santa Catarina; b) point out the sources and levels of conflict in that environment; c) describe how the Institution administration proceeds in relation to conflict management and d) investigate the perception and acceptance of mediation as a conflict resolution method at the Federal University of Santa Catarina. The methodology is based on a qualitative scientific approach, applied in a case study. It will be also descriptive, based on the analysis of documents, reports, semi-structured interviews to subjects that are directly related to the institutional conflict management agencies, and management support for conflict and questionnaire, given in field research to the social actors of the local academic community. Results showed that there is occurrence of interpersonal conflicts in the study environment; the sources of such disagreements are linked mainly to excessive attachment to own opinions and beliefs; the University uses institutionally the traditional method to resolution of disagreements between the parties and that mediation can be accepted and applied as a method of conflict resolution to the least complex interpersonal conflicts that may occur at the university case of study of this research.
Descrição: Dissertação (mestrado profissional) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio Econômico. Programa de Pós-Graduação em Administração Universitária
URI: http://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/100731
Data: 2012


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
312466.pdf 1.723Mb PDF Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar