Zoneamento ambiental para a palmeira juçara com foco na produção de frutos: potencialidades para a agricultura familiar

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

Zoneamento ambiental para a palmeira juçara com foco na produção de frutos: potencialidades para a agricultura familiar

Mostrar registro completo

Título: Zoneamento ambiental para a palmeira juçara com foco na produção de frutos: potencialidades para a agricultura familiar
Autor: Reis, Tatiana
Resumo: Estudos científicos vêm demonstrando a viabilidade e rentabilidade da produção de frutos da palmeira juçara (Euterpe edulis Martius) em sistemas agroflorestais nas paisagens na Mata Atlântica. Cultivar a palmeira juçara como espécie frutífera, além de ser uma atividade de exploração sustentável da espécie, favorece a diversificação de áreas produtivas e, por ser uma prática permitida pela legislação ambiental em áreas de preservação permanente (APP) e pode gerar renda na agricultura familiar, com a produção de açaí e com o uso das sementes para produção de mudas. Este trabalho tem como objetivo elaborar em uma microbacia hidrográfica (escala de 1:50.000) um zoneamento ambiental para E. edulis com foco na produção de frutos, como uma primeira aproximação para subsidiar políticas públicas para esta cultura. Utilizando-se técnicas de geoprocessamento em um sistema de informações geográficas, foi elaborado o zoneamento de uma microbacia hidrográfica no município de Garuva-SC. Foram estabelecidas quatro classes de aptidão para o cultivo agroflorestal da palmeira juçara: Boa, Regular, Restrita e Inapta. Os seguintes critérios foram utilizados para o mapeamento: 1) características dos solos; 2) altitude e 3) exposição de vertentes. Também se avaliou a situação das APP ripárias quanto ao cumprimento da legislação ambiental e o uso atual das terras na microbacia selecionada. A microbacia hidrográfica do Rio Sete Voltas, com 3.060 ha, foi selecionada como representativa do município para a aplicação da proposta de zoneamento. Os resultados do estudo indicaram que a maior parte (55%) desta microbacia apresenta potencial para o cultivo agroflorestal da palmeira juçara com foco na produção de frutos, abrangendo uma área de 1.713,76 ha. Um passivo ambiental de 41 ha foi identificado nas APP ripárias desta microbacia, consistindo em áreas prioritárias para implantação de sistemas agroflorestais com E. edulis, onde pode-se aliar preservação e recuperação ambiental com a possibilidade de geração de renda. Nas áreas com boa aptidão, constatou-se que o cultivo pode ser feito tanto em consórcio com outras culturas (por exemplo, em 83 ha constituídos por bananais) como para acrescentar áreas produtivas, identificados em 156 ha da microbacia. O modelo proposto poderá ser aplicado em ouras regiões, sempre se adaptando às condições locais e base de dados disponíveis, e os mapas gerados poderão ser úteis em estudos relacionados ao planejamento agro-ambiental do município. <br>Abstract : Several works have shown that juçara palm (Euterpe edulis Martius) agroforestry for fruit harvesting is a rentable and viable crop growing system at Atlantic Forest landscapes. The cultivation of this palm is a sustainable use for the species and can benefits rural communities in different matters, such as income from açaí drink increasing market, agricultural intensification, food production in protected areas and forest recovering, in fact encouraged by Brazilian environmental law. The objective of this work is to present a small scale (1:50.000) zoning for E. edulis with focus on fruit harvesting, representing an early support for investment programs using this crop. In order to define land suitability, four levels of potential were determined (High, Regular, Restricted and None) taking under consideration the following variables: 1) soil features 2) altitude and 3) slope orientation. Instrumented by the techniques of remote sensing and geographic information system, the zoning model was applied at Rio Sete Voltas watershed, municipality of Garuva, Santa Catarina State, Brazil. Protected Areas at riparian forests were rated as advocated in Brazilian environmental legislation and the current land uses were identified. Results indicate that most part of the studied area (55%) is suitable for juçara-palm-based agroforestry, ranging 1.713,76 ha. A total of 41 ha of riparian forests lacks forest recovery, which can be fitted through juçara palm based agroforestry and associated species that can bring any income. At the most potential areas, E. edulis can be associated with other crops such as with bananas, in 83 ha, or as an alternative agroforestry component at 156 ha of non-arable lands, as observed in this watershed. Methods of the zoning proposal can be applied at several regions, always attempting to evaluate local conditions and the available data base. Maps can be used in different studies concerning environmental management and planning of Garuva municipality.
Descrição: Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Agroecossistemas, Florianópolis, 2012
URI: http://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/100728
Data: 2012


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
310417.pdf 3.536Mb PDF Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar