Popol Vuh: uma leitura cênica

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

Popol Vuh: uma leitura cênica

Mostrar registro completo

Título: Popol Vuh: uma leitura cênica
Autor: Viana, Maris Aparecida
Resumo: A presente pesquisa apresenta o relato de um processo criativo que possibilitou a adaptação do poema Popol Vuh. Essa cosmogonia ameríndia foi escrita na língua maia, no século XVI, na Guatemala. O relato mediado por ideias e pensamentos de estudiosos busca uma aproximação do leitor com esse processo criativo que resultou em uma encenação compartilhada com o público, em 2009. A encenação Ato Performático: Popol Vuh estruturou-se em acontecimentos cênicos inspirados nos eventos e personagens presentes no contexto literário do poema, e remetem as quatro criações que relatam a criação do homem americano, feito da pasta do milho. Para uma interação do leitor com esse processo criativo, a tese apresenta-se em dois capítulos: o primeiro, com imagens fotografadas, evidencia os elementos compartilhados pelo grupo de pesquisa, ao longo do processo de investigação, que contribuíram para a adaptação do poema. O segundo, sob o ponto de vista da encenadora pesquisadora e mediado por recortes teóricos, descreve o percurso trilhado pelo grupo no processo de apropriação e transposição dos elementos presentes e inspirados nessa cosmogonia para a composição e produção da encenação. Essa pesquisa transitou da investigação do universo literário do poema Popol Vuh para as práticas do fazer teatral e se realizou de forma interdisciplinar, em que iniciantes no teatro trocaram com profissionais da área artística.<br>Abstract : This research presents the report of a creative process that led to the adaptation of the poem Popol Vuh. This Native American cosmogony was written in the Mayan language in the sixteenth century, in Guatemala. Mediated by ideas and thoughts of scholars, the report seeks to bring the reader to the creative process which finally resulted in a scenario shared with the public in 2009. The staging Performative Act: Popol Vuh was structured around scenic acts inspired by events and characters presented in the poem literary background, and refer to the four creations that report the creation of the American man, who's being made of corn paste. For an interaction of the reader with this creative process, the thesis is presented in two chapters: the first chapter, with photographed images, shows the elements shared by the research group, throughout the research process, which contributed to the adaptation of the poem. The second chapter describes, mediated by theoretic accounts and from the point of view of the stage director and researcher, the procedures taken by the group for the composition and production of the staging as the group looked for appropriation and implementation of the elements showed in and inspired by that cosmogony. The work moved from the research of the literary universe of the Popol Vuh poem to the practices of theater making, being held in an interdisciplinary approach where beginners actors exchanged with professionals ones.
Descrição: Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão, Programa de Pós-Graduação em Literatura, Florianópolis, 2012
URI: http://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/100683
Data: 2012


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
313459.pdf 178.5Mb PDF Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar