Avaliação de aspectos ambientais em canteiro de obras

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

Avaliação de aspectos ambientais em canteiro de obras

Mostrar registro completo

Título: Avaliação de aspectos ambientais em canteiro de obras
Autor: Bittencourt, Mariana
Resumo: O presente trabalho tem como objetivo avaliar os aspectos ambientais em canteiro de obras visando a melhoria do desempenho ambiental nesse processo. Primeiramente, esta pesquisa realiza o diagnóstico ambiental inicial em 109 empresas construtoras da grande Florianópolis. Em seguida identifica as práticas e os procedimentos de gestão ambiental existentes no canteiro de obras de uma amostra populacional de 52 empresas. Por fim, avalia o grau de comprometimento ambiental da amostra analisada. Paralelamente, é feito um estudo de campo em canteiros de obras de empresas construtoras para melhor compreender a natureza dos dados obtidos na pesquisa. Posteriormente, são identificados os aspectos ambientais mais relevantes para a amostra estudada, ou seja, os aspectos que necessitam ser priorizados e controlados, e então, sugeridas diretrizes para a melhoria do desempenho ambiental. Do diagnóstico ambiental inicial da análise das 109 empresas, conclui-se que 17,43% das empresas aderem à um SGA, que nenhuma empresa adere à certificação ISO 14001, que 2,75% das empresas aderem às certificações de desempenho ambiental de edificações, e que 78,89% das empresas possuem boas práticas ambientais implementadas em seus canteiros de obras. Da identificação de práticas e procedimentos de gestão ambiental existentes, pode-se encontrar diversas iniciativas por parte das empresas analisadas em controlar seus aspectos ambientais. A avaliação do grau de comprometimento ambiental das empresas analisadas indicou que 1,92% das empresas apresentam um desempenho das suas ações ambientais em canteiros de obras 'excelente'; 15,38%, 'bom'; 55,77%, 'adequado'; 25%, 'péssimo'; e 1,92%, 'crítico'. Da etapa de priorização de resultados, obtiveram-se como aspectos ambientais a serem controlados: o consumo de recursos naturais; o consumo e o desperdício de energia; a emissão de ruído; a emissão de vibração; a emissão de material particulado; o desprendimento de gases; fibras entre outros; e a geração de resíduos sólidos. Para cada aspecto a ser controlado, foram identificados os objetivos ambientais a serem alcançados e sugeridas as diretrizes para melhoria.<br>Abstract : This study aims to assess the environmental aspects related to the construction process in order to improve the environmental performance of this process. Firstly, this study performs the environmental initial diagnosis of the 109 construction companies in Florianopolis. Then, identifies the existing practices and procedures of environmental management at the construction site of a sample containing 52 companies. And finally, performs the environmental commitment assessment of the sample analyzed. Parallel to this, it is performed a field study in the construction sites of construction companies for better understand the nature of the data obtained in the survey. Subsequently, the most relevant environmental aspects for the sample analyzed that need to be prioritized and controlled were identified, and due to this, guidelines for improving environmental performance were suggested.. From the environmental initial diagnosis of the 109 construction companies it was concluded that only 17,43% of the companies adhere to an EMS, no company adheres to ISO 14001 certification, 2,75% of the companies adhere to buildings environmental performance; and 78,89% of the companies have good environmental practices implemented in the construction sites. From the identification of practices and procedures of existing environmental management, it is possible to afirm that the companies analyzed have several initiatives in managing their environmental aspects. The environmental commitment assessment of the companies analyzed indicated that 1,92% of the companies have an #excellent# environmental actions performance on the construction sites; 15,38%, a #good#; 55,77%, an #appropriate#; 25%, a #bad#; and 1,92%, a #critical#. From the step of prioritizing results, the environmental aspects to be controlled were obtained: the consumption of natural resources; the consumption and waste of energy; the noise emissions; thevibration emissions, the emission of particulate material; the detachment of gas and fibers among others; and waste generation. For each environmental aspect to be controlled, environmental objectives to be achieved were identified and guidelines for improvement were suggested.
Descrição: Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil, Florianópolis, 2012
URI: http://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/100681
Data: 2012


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
313714.pdf 4.302Mb PDF Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar