A cor nas salas de aula do ensino médio: recomendações com base em estudos de escolas em Florianópolis

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

A cor nas salas de aula do ensino médio: recomendações com base em estudos de escolas em Florianópolis

Mostrar registro completo

Título: A cor nas salas de aula do ensino médio: recomendações com base em estudos de escolas em Florianópolis
Autor: Carneiro, Rosângela Maria de Souza
Resumo: O uso da cor nos ambientes escolares ainda é pouco explorado em arquitetura. A cor, quando utilizada adequadamente, pode contribuir para o conforto ambiental, melhorando a qualidade dos espaços. Esta pesquisa desenvolve um estudo sobre o uso de cores na arquitetura escolar do Ensino Médio do município de Florianópolis; tem como objetivo identificar se existem parâmetros nessas aplicações e se as cores utilizadas estão adequadas a esses ambientes. Portanto, a pesquisa de campo apresenta um estudo em salas de aula de quatro escolas, sendo: na rede pública federal, na rede pública estadual e na rede privada. Para tanto, foram utilizados vários métodos nas diferentes etapas da pesquisa. Primeiramente, os métodos de pesquisa bibliográfica; visita exploratória; questionários; levantamento do espaço físico. A partir desses métodos, foi possível caracterizar o conjunto de cores no ambiente em estudo; compreender a relação indivíduo e ambiente quanto à percepção dos usuários ao conjunto de cores no seu ambiente de trabalho e verificar atributos da cor e da luz fundamentais para a qualificação de espaços de salas de aula. A combinação de diversos métodos proporcionou resultados mais consistentes para recomendações do uso de cores em projetos que auxiliem profissionais arquitetos a conceberem espaços de salas de aula com qualidade, satisfazendo as necessidades e as expectativas dos usuários. Desse modo, o ambiente sala de aula pode contribuir positivamente para a obtenção de espaços mais humanizados que auxiliem no desempenho escolar de seus usuários.The use of colour in school environments has been the subject of relatively few architectural studies until now. When colour is used appropriately it can contribute to the comfort of the surroundings and improve the overall quality of the environment. This dissertation looks at the use of colour in secondary school architecture design in the city of Florianopolis. It aims to identify parameters in colour application, and to find if the colours utilised are suitable for their environment. The field research was undertaken in the class-rooms of four schools from the federal, state and private sectors. A range of methodologies was used for the different stages of the study. First bibliographical research was undertaken; this was followed by preliminary visits, questionnaires and a survey of the physical spaces. These methods made it possible to characterize the groups of colours used in the study environments; to understand the relations between individuals and the environments taking into account users. perception of the colours used in their work spaces; and also to assess the vital attributes of colour and light that define class-room spaces. This combination of study methods provided consistent results that can be used to recommend colour usage in projects, and thereby to help professional architects design high-quality class-room spaces that meet the needs and expectations of their users. The outcome should ultimately mean that class-room environments can become more humanised spaces, which will in turn help their users' performance.
Descrição: Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo
URI: http://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/100674
Data: 2012


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
314735.pdf 5.087Mb PDF Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar