As publicações em acesso livre e a avaliação de impacto

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

As publicações em acesso livre e a avaliação de impacto

Mostrar registro completo

Título: As publicações em acesso livre e a avaliação de impacto
Autor: Droescher, Fernanda Dias
Resumo: Esta pesquisa teve por objetivo analisar os critérios de avaliação de impacto de publicações em acesso livre e a influência dessa filosofia no aumento desse impacto nas publicações científicas. A fundamentação teórica elege como temáticas: a comunicação científica, a autoria na ciência, as medidas de impacto da ciência, o fator de impacto, o índice de citação imediata e meia-vida das citações, índice H, o processo de comunicação científica; além do acesso livre, os arquivos abertos e o open access citation advantage. A metodologia usada na pesquisa apresenta caráter exploratório e descritivo sob o ponto de vista de seus objetivos; quali-quantitativa com relação à abordagem dos problemas, e, em relação aos procedimentos, utilizou técnicas de pesquisa documental. O corpus da pesquisa foi constituído de documentos arrolados na bibliografia anotada Open Access Citation Advantage, organizadapor A. Wagner. A questão que direcionou o desenvolvimento da pesquisa foi: até que ponto o acesso livre proporciona o aumento da quantidade de citações de uma publicação? Para encontrar respostas para essa questão foram examinados artigos da bibliografia de Wagner a fim de identificar as metodologias, amostras e ferramentas adotadas, de modo a constatar se existe forma mais adequada para realizar esses estudos e se o OACA pode ser considerado mais uma vantagem do OA. Após a análise de 43 artigos foi possível observar que os resultados variam bastante de acordo com as disciplinas e que ainda não existe um consenso sobre o melhor método para calcular o OACA, sobre o tamanho da amostra, instrumentos para coleta de dados de citações nem sobre os melhores motores de busca para a coleta de dados. Os resultados possibilitam algumas inferências: a) a adoção ou aceitação das publicações em acesso livre passa a ser um fenômeno relacionado à cultura cientifica de cada disciplina; b) A cultura científica e as características das disciplinas também determinam como são realizadas as citações, nesse caso o grau de obsolescência do conhecimento em cada disciplina é o fator preponderante que parece conduzir esse processo; c) o ato de citação está vinculado muito mais à qualidade do conteúdo da publicação do que ao fato dela estar mais acessível ou não; d) a suposta visibilidade das publicações em acesso livre, ao menos nos estudos do corpus desta pesquisa, não pode estar fortemente relacionada ao aumento do impacto das publicações. Considera que parece não haver discordância quanto à importância do OA no âmbito da comunicação científica, porém, de acordo com as análises realizadas, depreende-se que usar o OACA como argumento certamente não é exatamente a melhor maneira de defender o acesso livre. Ressalta que os estudos analisados apresentam muitas fragilidades, principalmente de natureza metodológica e, por isso, é necessário o desenvolvimento de metodologias adequadas e confiáveis para esse fim.This research aimed to examine the criteria for evaluating the impact of publications in open access and the influence of this philosophy in increasing this impact in scientific publications. The theoretical basis chooses as subjects: scientific communications, authorship in science, measurement of science impact, the impact factor, the actual citation index and citation half-life, H index, the process of scientific communications; in addition to open access, open archives and the open access citation advantage. The methodology used in this research is exploratory and descriptive in regard to its goals, qualitative and quantitative concerning its problem approach and, regarding its procedures, documentary research techniques were used. The research corpus consisted of documents listed in the Open Access Citation Advantage annotated bibliography, organized by A. Wagner. The guiding question during the research was: to what extent does open access provide an increased number of citations for a publication? To answer this question Wagner's bibliography articles were examined in order to identify the methodologies, samples and tools, noting whether there is a more appropriate way to conduct these studies and whether the OACA can be considered a further OA advantage. After the analysis of 43 papers, it was observed that the results vary widely according to the subject and that there is still no consensus over the best method for calculating OACA, sample size, devices to collect citation data or over the best search engines for data collection. Some inferences were possible after the results: a) the adoption or acceptance of open access publications becomes a phenomenon related to the scientific culture in each subject; b) The scientific culture and the characteristics of the subjects also determine how citations are held, in this case the degree of knowledge obsolescence in each subject is the main factor that seems to drive this process, c) citations are much more linked to the quality of the content of the publication rather than the fact that it is more or less accessible; d) the alleged visibility of open access publications, at least in studies regarding the corpus of this research, cannot be strongly connected to the increased impact of publications. It considers that there seems to be no disagreement in regard to the importance of OA within scientific communications, however, according to the analysis, apparently using OACA as an argument is certainly not the best way to advocate free access. It emphasizes that the reviewed studies show many weaknesses, mainly of methodological nature and, therefore, the development of appropriate and reliable methodologies is essential for this purpose.
Descrição: Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Educação. Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação
URI: http://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/100601
Data: 2012


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
308823.pdf 1.351Mb PDF Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar