Sincronização de processos em sistemas de tempo real no contexto de multiprocessadores

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

Sincronização de processos em sistemas de tempo real no contexto de multiprocessadores

Mostrar registro completo

Título: Sincronização de processos em sistemas de tempo real no contexto de multiprocessadores
Autor: Carminati, Andreu
Resumo: Sistemas computacionais de tempo real são identificados como aqueles sistemas computacionais submetidos a requisitos de natureza temporal. Nestes sistemas, os resultados devem estar corretos não somente do ponto de vista lógico, mas também devem ser gerados no momento correto. Em tais sistemas, quando existe o compartilhamento de recursos, a sincronização de tarefas no acesso a estes é fundamental para garantir tanto a exclusão mútua, quanto a limitação no tempo de espera (evitando inversões de prioridade descontroladas), visto que isto pode induzir as tarefas a gerarem seus resultados em momentos incorretos (perda de deadlines ou não atendimento de algum requisito temporal). O não atendimento de um requisito temporal pode resultar em consequências catastróficas tanto no sentido econômico quanto em vidas humanas, dependendo do tipo de sistema. Para sincronização em multiprocessadores, alguns protocolos para escalonamento particionado foram propostos, como o Multiprocessor Priority Ceiling Protocol (MPCP), Flexible Multiprocessor Locking Protocol (FMLP) e o Multiprocessor Stack Resource Policy (MSRP). Neste contexto, esta dissertação de mestrado propõe duas variações para o protocolo MPCP, com as devidas análises de escalonabilidade e fatores de bloqueios associados. No entanto, ambas as variações podem ser encaradas também como variações do FMLP, dependendo do ponto de vista, pois abrangem características comuns a ambos os protocolos. Tais variações são o MPCP não preemptivo e MPCP com enfileiramento FIFO. Esta dissertação também apresenta comparações empíricas entre as propostas apresentadas e os protocolos existentes. Como resultados gerais, as propostas apresentadas se mostraram competitivas tanto em escalonabilidade quanto em overhead de implementação. O MPCP com enfileiramento FIFO se posicionou muito bem em sua versão baseada em suspensão. O MPCP não preemptivo, em sua versão baseada em spin obteve resultados muito próximos ao FMLP short. Do ponto de vista prático, as variações propostas facilitam a utilização em sistemas reais, quando comparadas com as propostas originais.<br>Abstract : Real-time computational systems are identified as those systems subjected requirements of temporal nature. In these systems, the results should be correct not only from logical point of view, but also must be generated at the right time. In such systems, when there is resource sharing, tasks synchronization on access to these resources is essential to ensure both mutual exclusion and limitation of the waiting time (avoiding uncontrolled priority inversion), as this may induce the tasks to generate their results at wrong times (miss of deadlines or not meet a time requirement). A failure to meet a time requirement can result in catastrophic consequences both in the economic sense and in human lives, depending on the type of the system. For synchronization in multiprocessors, some protocols have been proposed for partitioned scheduling, as the Multiprocessor Priority Ceiling Protocol (MPCP), Flexible Multiprocessor Locking Protocol (FMLP) and Multiprocessor Stack Resource Policy (MSRP). In this context, this dissertation proposes two changes to the MPCP protocol, with appropriate schedulability analysis and blocking factors associated. However, both variants can also be viewed as variations of FMLP, depending on the point of view, because they cover features common to both protocols. Such variations are the nonpreemptive MPCP and the MPCP with FIFO queuing. This dissertation also presents empirical comparisons between the previously mentioned well-known protocols and the proposed variations. As general results, the proposals have showed to be competitive in both schedulability and implementation overhead. The MPCP with FIFO queuing was positioned very well in the suspension-based version. The nonpreemptive MPCP, in his spin-based version obtained results very close to the FMLP short. From a practical standpoint, the proposed changes facilitate the implementation in real systems, when compared to the original proposals.
Descrição: Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Automação e Sistemas, Florianópolis, 2012
URI: http://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/100456
Data: 2012


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
313378.pdf 944.6Kb PDF Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar