Cuidado com paciente idoso em uso de cateter nasoenterico ou nasogastrico no domicílio

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

Cuidado com paciente idoso em uso de cateter nasoenterico ou nasogastrico no domicílio

Mostrar registro completo

Título: Cuidado com paciente idoso em uso de cateter nasoenterico ou nasogastrico no domicílio
Autor: Silva, Eliete Terezinha Januário
Resumo: Algumas doenças enfrentadas pelos idosos podem lhes causar sequelas neurológicas, impedindo-os de se alimentarem por via natural, necessitando de meios artificiais para condução do alimento até o estomago, ou seja, o uso de cateter nasoenterico ou nasogastrico. Este fator urge por um cuidado de enfermagem mais acurado bem como para o preparo das famílias para a continuidade no domicílio. Preocupada com este cuidado, foi desenvolvido o presente trabalho que tem como objetivo geral: Elaborar um manual de orientação para familiares ou cuidadores prosseguirem com o cuidado ao idoso que necessita do uso de cateter nasoenterico ou nasogástrico no domicilio. Como objetivos específicos foram traçados: - Conhecer como a equipe de enfermagem presta o cuidado ao idoso com uso de cateter nasoenterico ou nasogástrico; e, Levantar subsídios com a equipe de enfermagem para elaboração do manual de orientação para prevenção dos agravos relacionados ao uso de cateter nasoenterico ou nasogastrico no domicilio. Metodologia: Trata-se de uma pesquisa de abordagem qualitativa, realizada em um hospital de ensino do sul do país, a qual foi fundamentada na teoria das Necessidades humanas básicas de Wanda Aguiar Horta e nos pressupostos de Paulo Freire. Foram realizadas entrevistas com 30 profissionais de enfermagem (16 técnicos e auxiliares de enfermagem e 14 enfermeiros) que trabalham no serviço de emergência adulto e nas unidades de internação médicas e cirúrgicas. Os dados após categorizados com base em Bardin, foram interpretados à luz da literatura e do marco referencial. Resultados: Os dados apontam para duas grandes categorias, que são apresentadas por meio de manuscritos, revelando: "Cuidado de enfermagem ao idoso com cateter nasoenterico: saber e fazer entrelaçados" e "Cuidado do idoso em uso de cateter nasoenterico ou nasogastrico no domicilio: Estratégias de educação da família". No discurso dos trabalhadores de enfermagem sobre os saberes e práticas, o idoso é compreendido pela equipe como um ser que precisa de atenção especial em relação aos cuidados com uso de cateter nasoenterico ou nasogastrico. Para os técnicos e auxiliares há carência nas questões referente à uniformização as orientações para a família ou cuidador prosseguir com o cuidado no domicilio. Apontam também para a necessidade da presença do enfermeiro de forma mais efetiva no processo de orientação das famílias, cabendo-lhes a responsabilidade sobre essas ações. Conclusão: Há necessidade de se repensar o cuidado ao idoso no que concerne ao preparo da alta hospitalar, inserindo a família já que esta acaba sendo a responsável pelo idoso que vai para o domicilio com uso de cateter nasoenteral ou nasogasrico. O enfermeiro é responsável pela orientação das famílias reconhecido nas falas dos técnicos e auxiliares de enfermagem. Neste sentido o estudo foi oportuno como forma de levantar subsídios para construção do manual de orientação para o cuidado com o idoso em uso e cateter nasoenterico ou nasogastrico no domicilio, manual este que pode ser instrumento para o enfermeiro dar inicio ao processo de comunicação com as famílias, bem como, guiar a família na continuidade com cuidado no domicilio, podendo ainda fornecer informações para a equipe de saúde da família, que por ventura estiver responsável por tal idoso.<br>Abstract : Some diseases faced by the elderly might lead them to neurological impairment, preventing them from feeding naturally, requiring artificial means for the conduction of food and even medicines into the stomach; it means, the use of nasogastric or nasoenteric tubes. Such factor is pressing for a more accurate nursing care as well as the preparation of families for the continuity at home. The following paper has been conducted concerned with such work with general objective of elaborating a guidance manual for family members or caregivers to keep on with the care for the elderly who need the nasogastric or nasoenteric tube at home. Specific objectives were outlined: - to learn the way nursing staff provide care to the elderly with use of nasogastric or nasoenteric tubes, and raise subsidies to the nursing staff for preparing the guidance manual on the prevention of injuries related to the use of nasoenteric and nasogastric tubes or at home. Methodology: It has been a qualitative study conducted in a teaching hospital in the south of the country, based on the theory of basic human needs of Wanda Aguiar Horta and on the assumptions of Paulo Freire. Interviews were conducted with 30 nurses (16 technicians and nursing assistants and 14 nurses) working in the adult emergency department and medical and surgical inpatient units in. After categorizing data based on Bardin, they have been interpreted in the light of literature and reference point. Results: The data indicate two broad categories, which are presented through manuscripts, revealing: "Nursing care for the elderly applying nasoenteric tube: knowledge and practice bonded" and "Care of the elderly in home use of nasogastric or nasoenteric tube: education strategies of the family.# In the discourse of nursing staff on practice and knowledge about the elderly, it is understood by the team as a being that needs special attention in relation to care with the use of nasogastric or nasoenteric tube. Nursing technicians and auxiliaries are lacking in the questions concerning standardization of guidelines for the family or caregiver to continue with home care. They also point to the need for the presence of the nurse more effectively in the process of guiding families, leaving them the responsibility for these actions. Conclusion: There is a need to rethink the care of the elderly with regard to preparation for discharge, including in such care, since it is in charge of the elderly who goes home with nasoenteric or nasogastric tube. The nurse is in charge of the guidance of families, as recognized in the statements of technicians and nursing assistants. In this sense the study was timely as a way to raise subsidies for the construction of a guidance manual for the care of the elderly in nasogastric or nasoenteric tube at home, this manual can be a tool for the nurse to initiate the communication process with families, as well as to guide the family in continuity with care at home, and may also provide information to the family health team, which by chance is responsible for such elderly.
Descrição: Dissertação (mestrado profissional) - Universidade Federal de Santa Catarina, Programa de Pós-Graduaçao em Gestão do Cuidado em Enfermagem, Florianópolis, 2012
URI: http://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/100394
Data: 2012


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
317197.pdf 767.0Kb PDF Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar