A práxis educativa de enfermagem no cuidado hospitalar: discursos de enfermeiras

DSpace Repository

A- A A+

A práxis educativa de enfermagem no cuidado hospitalar: discursos de enfermeiras

Show full item record

Title: A práxis educativa de enfermagem no cuidado hospitalar: discursos de enfermeiras
Author: Espinoza, Lita Miriam Moore
Abstract: A questão da educação em saúde não deve ser compreendida como uma medida coerciva de controle social, mas sim, como um instrumental e recurso que garanta aos clientes a compreensão de si mesmos enquanto cidadãos. A enfermeira tem o compromisso ético-profissional de educar para a saúde no seu cotidiano, educar pressupõe interação e defendo as ações educativas como inerente e indissociável ao cuidado cotidiano da enfermeira, para isso, a profissional não precisa de um tempo específico para educar o cliente, já que constantemente está educando ou tem a possibilidade de educar no dia-a-dia de suas ações no cuidado. A pesquisa tem por objetivos compreender e analisar a consciência da práxis educativa das enfermeiras no cuidado hospitalar, bem como, identificar o nível de práxis que as enfermeiras apresentam acerca das ações educativas no cuidado hospitalar, avaliar se as ações educativas das enfermeiras, no cuidado contemplam os conceitos de diálogo, participação, açãoreflexão-ação, conscientização e transformação e, analisar as razões que impedem o desenvolvimento das ações educativas das enfermeiras no cuidado hospitalar. Trata-se de uma pesquisa de natureza qualitativa, caráter exploratório, realizado com 6 enfermeiras assistenciais das unidades de Clínica Cirúrgica e de Clínica Médica de um hospital geral do sul do Brasil. O suporte teórico-filosófico foi com base nos níveis da práxis preconizada por Adolfo Vásquez e os conceitos da Educação Libertadora de Paulo Freire. A coleta de dados foi realizada por meio de entrevista, a partir de um roteiro semi-estruturado. As entrevistas foram gravadas e transcritas para posterior análise de conteúdo (Bardin, 2004). A partir das mesmas foram estabelecidas três categorias: (1) A dimensão do cuidado da enfermeira, agrupados nas subcategorias: O que é cuidado segundo as enfermeiras, importância e finalidade, características da enfermeira no cuidado, fundamentação teórica do cuidado, Enfermeira: cuidado de si/não cuidado de si; (2) A dimensão educativa no cuidado da enfermeira, agrupados nas subcategorias: O que é educação em saúde/ação educativa enfermeiras, importância e finalidade da educação, características da ação educativa, fundamentação teórica da educação e tipos de educação e o processo ensino-aprendizagem e, (3) A consciência das enfermeiras e o nível de práxis das ações educativas no cuidado, evidenciando-se as seguintes subcategorias: inerência educação e cuidado; consciência da enfermeira sobre o cuidado e as ações educativas no cuidado, razões e dificuldades para o desenvolvimento das ações educativas no cuidado hospitalar, os modos educativos das enfermeiras e os níveis de práxis. Conclui-se que é passível o modo de pensar a educação como um elemento inerente e indissociável no cuidado hospitalar da enfermeira, bem como, sua contribuição para uma melhor qualidade no atendimento ao cliente nos serviços de internação e um processo de viver mais saudável. Esta ligação educação & cuidado acontece por acreditar que os mesmos possibilitem às enfermeiras assistenciais o exercício de uma práxis inovadora, consciente, ética e crítica com os clientes em regime de internação sobre seus cuidados profissionais. The questions of the education in health does not have to be understood as a coercive measure of social control, but yes, as an instrument and resource that the same understanding of itself guaranties to the customers white human being. The nurse has the ethical and professional commitments to educate for the health in its daily one, to educate estimates interaction and defends the educative actions as inherent to the daily care of the nurses, for this, the professional does not need a specific time to educate the customer, since constantly she is educating and she has the possibility to educate daily in its action in the care. The research has for objective to understand and to analyze the conscience of the praxis educative of the nurses in the care to hospitalar, as well as, to identify level of praxis that the nurses present concerning the educative actions in the hospital care, to evaluate if the educative actions of the nurses in the care contemplate the concepts of dialogue, participation, actionreflection-action, awareness and transformation and, to analyze the reasons that hunder the development them educative actions them nurses in the hospital care. One is about a research of qualitative nature, exploratory character, carried through with 6 assistenciais nurses of the units of Surgical Clinic and Medical Clinic of a general hospital of the south of Brazil. The philosophical theoretical support was on the basis of the levels of the praxis praised by Adolph Vasquez and the concepts of the Liberting Education of Pablo Freire. The collection of data was carried through by means of interviews, from a structuralized half script. The interview has been recorded and transcribing for posterior analysis of content. From the same had been established three categories: (1) the dimensions of the care of the nurse, grouped in the subcategories: what he is well-taken care of according to nurses, characteristics of the caring one, theoretical recital of the care, nurse: care of welltaken care of si/not of itself, (2) The educative dimension in the care of the nurse, grouped in the subcategories: what educative action is education in health/nurse, importance and purpose of the care, characteristics of the care, theoretical bedding of the education and types of education and, process teach-learning and, (3) the conscience of the nurses and level of praxis of the educative actions, proved the following subcategories: inherence education and care, conscience of the nurse on the care and the educative actions in the care, reasons and difficulties for the development of the educative actions in the care, educative ways of the nurses and the levels of praxis. One concludes that the way to think the education as an inherent element about the hospital for one better quality in the attendance to the customer in the internment services and a process of living is passively more healthful. This welltaken care of linking education&happens for assistenciais nurses the exercise of praxis innovative, conscientious, ethical and critical with the customers in regimen of internment on its professional cares.
Description: Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Enfermagem.
URI: http://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/90229
Date: 2007


Files in this item

Files Size Format View
243333.pdf 1.144Mb PDF Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Browse

My Account

Statistics